Agricultura familiar potiguar recebe máquinas chinesas e avançam para fase de mecanização do trabalho - O Poti News

Agricultura familiar potiguar recebe máquinas chinesas e avançam para fase de mecanização do trabalho

Máquinas terão a sua eficácia testada. Foto: Divulgação/MST.

O Rio Grande do Norte começou oficialmente a parceria de cooperação agrícola entre o Brasil e a China para aumentar a produtividade de propriedades da agricultura familiar. Nesta fase, a parceria prevê a testagem de 31 máquinas chinesas em assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), cooperativas e em unidades de agricultura familiar. Ao todo, 11 das máquinas serão entregues ao MST no Rio Grande do Norte.

A expectativa é que a introdução do maquinário aumente a eficiência da produção em diferentes estados da região Nordeste, incluindo Ceará, Maranhão e Paraíba. A ideia inicial é observar a adaptação dos equipamentos nas áreas produtivas. O objetivo é que, futuramente, os equipamentos sejam produzidos no Brasil.

Na última sexta-feira (2), foi feita uma visita ao campo de demonstração das máquinas chinesas e logo em seguida a realização de um ato político no centro de Apodi, que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra; do ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira; da ministra Luciana Santos, das Ciências, Tecnologia e Inovação; e instituições governamentais e empresas públicas. Além da Universidade Agrícola da China, da Associação Chinesa de Indústrias de Mecanização Agrícola e representantes de sete diferentes empresas de máquinas agrícolas chinesas, que já estão no Brasil.