Álcool e drogas no Carnaval: especialista alerta sobre as consequências do uso exagerado ou a longo prazo - O Poti News

Álcool e drogas no Carnaval: especialista alerta sobre as consequências do uso exagerado ou a longo prazo

O uso de substâncias pode afetar o sono, apetite, humor e pode desencadear gordura no fígado e até câncer. Foto: Freepik.

Dados do estudo “Álcool e a Saúde dos Brasileiros – Panorama 2023”, conduzido pelo Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), revelam que 75% dos consumidores excessivos de álcool no Brasil se consideram moderados.

O abuso de álcool e drogas, segundo especialistas, pode acarretar em danos físicos e mentais de curto e longo prazo, incluindo efeitos irreversíveis. Tanto o álcool quanto outras drogas podem criar dependência, levando a um aumento progressivo do consumo para alcançar os mesmos efeitos desejados, resultando em graves consequências para a saúde.

Desde o primeiro gole, os efeitos adversos como desidratação, insônia, mudanças de humor e dores de cabeça podem se manifestar. O consumo contínuo pode desencadear doenças graves, como esteatose hepática, gastrite, deficiências vitamínicas e até câncer“, adverte a nutricionista Amanda Mineiro.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica a dependência de drogas, incluindo o álcool, como uma doença e um desafio de saúde pública. O álcool, em particular, é considerado tóxico, psicoativo e altamente viciante, sendo catalogado como uma substância carcinogênica de alto risco.

O consumo excessivo e prolongado dessas substâncias pode resultar em condições graves, como cirrose hepática e doenças cardiovasculares, reduzindo consideravelmente a expectativa de vida. Além dos danos físicos, o álcool também pode causar prejuízos mentais e sociais.

Durante o carnaval, um período conhecido pelo aumento do consumo de álcool e drogas, Mineiro oferece algumas dicas importantes para os foliões. “Manter uma alimentação reforçada e a hidratação adequada é fundamental para suportar as horas de festa. Além disso, não se esqueça do protetor solar, boné e óculos de sol para garantir uma experiência segura e saudável”, aconselha a nutricionista.