Após registro de violência em colégios brasileiros, Operação Escola Segura já prendeu ou apreendeu ao menos 400 pessoas - O Poti News

Após registro de violência em colégios brasileiros, Operação Escola Segura já prendeu ou apreendeu ao menos 400 pessoas

Ataque à creche em Santa Catarina chocou o Brasil e acendeu um alerta sobre a casos de violência contra escolas. Foto: Governo de SC

A Operação Escola Segura já registrou ao menos 400 prisões e apreensões de suspeitos adultos e adolescentes suspeitos de planejar ou incitar ataques em escolas no Brasil. O levantamento foi divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública nesta terça-feira (3). 

Segundo o Ministério de Flávio Dino, “Até o momento, além das prisões e apreensões, 1.653 crianças e adolescentes e/ou suspeitos adultos foram conduzidos às forças policiais. O monitoramento de plataformas digitais levou a 917 solicitações de preservação e/ou remoção de conteúdos em redes sociais, além de 412 solicitações de dados cadastrais nessas redes. O trabalho levou à geração de 3.404 boletins de ocorrências e a um total de 2.844 casos em investigação”.

A operação começou em abril, após o bárbaro ataque à Creche Cantinho do Bom Pastor, na cidade de Blumenau (SC), onde quatro crianças foram mortas e cinco ficaram feridas. As investigações sugerem que grupos extremistas e neonazistas criaram uma rede de apoio e planejamento para esse tipo de ação, que funciona através de plataformas nas redes sociais. 

A Polícia Federal tem trabalhado para investigar os fóruns, encontrar suspeitos e realizar ações de prevenção, a partir de denúncias feitas pelo Disque 100, canal por onde qualquer um pode denunciar. Ao todo, são 2.844 casos em investigação.