Arrecadação das Receitas Federais apresenta queda pelo segundo mês consecutivo - O Poti News

Arrecadação das Receitas Federais apresenta queda pelo segundo mês consecutivo

Retração foi de 4,2% em relação ao ano passado. Foto: José Cruz.

A arrecadação total das Receitas Federais apresentou queda de R$ 201,83 bilhões no mês de julho. É o segundo mês seguido que o instituto apresenta uma decaída. Tendo em vista a inflação do período, o decréscimo real ficou em 4,2% na comparação com julho de 2022, quando foram arrecadados R$ 202,59 bilhões.

De acordo com os resultados da arrecadação federal divulgados nesta terça-feira (22) pelo Ministério da Fazenda, entre janeiro e julho de 2023 o total arrecadado ficou em R$ 1,34 trilhão, valor de 0,39% abaixo do levantado no mesmo período do ano passado.

Com relação às receitas administradas pela Receita Federal (RFB), o valor arrecadado em julho ficou em R$ 187,1 bilhões, representando um decréscimo real (considerando inflação) de 0,74%. No acumulado de janeiro a julho de 2023, a arrecadação chegou a R$ 1,27 trilhão, o que representa aumento de 1,24%, na comparação com igual período de 2022, quando foram arrecadados R$ 1,20 trilhão.

De acordo com o Fisco, órgão fiscalizador que controla os pagamentos de impostos em todas as esferas tributárias no país, o resultado da arrecadação foi influenciado por “alterações na legislação tributária e por pagamentos atípicos, especialmente de Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ ) e a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL), tanto em 2022 quanto em 2023”.