Carnaval 2024: projeções apontam movimentação acima de R$ 500 milhões no comércio potiguar - O Poti News

Carnaval 2024: projeções apontam movimentação acima de R$ 500 milhões no comércio potiguar

Foto: José Cruz/EBC.

Com a iminência do Carnaval, a Fecomércio RN revela que o comércio potiguar projeta uma movimentação financeira superior a R$ 500 milhões durante o feriado prolongado. De acordo com o Instituto Fecomércio RN (IFC), as estimativas indicam um aumento em comparação com 2023, quando a projeção era de R$ 467 milhões.

As pesquisas do IFC indicam que mais de 51% dos consumidores de Natal e Mossoró têm a intenção de realizar compras durante a festividade. Destaca-se o crescimento da intenção de consumo na capital do Oeste, que registrou um aumento de 6,5 pontos percentuais em relação ao ano anterior.

Para traçar o perfil dos consumidores e entender a intenção de consumo, o IFC entrevistou 610 natalenses e 502 mossoroenses entre os dias 10 e 21 de janeiro de 2024. Ambos os levantamentos têm uma margem de erro de 3 pontos percentuais e nível de confiança de 95%.

Principais Destinos e Preferências dos Consumidores:

Natal:

  • Perfil dos Compradores: Predominantemente masculino (57%), faixa etária de 35 a 44 anos (57,9%), ensino superior completo (59,4%), renda mensal superior a 10 salários mínimos (83,3%).
  • Previsão de Movimentação Econômica: Aproximadamente R$ 144,6 milhões.
  • Destino Preferido: 64,4% planeja passar o Carnaval no litoral.
  • Itens Mais Procurados: Alimentos/bebidas (84,5%) e roupas (37,5%). Notável aumento na busca por acessórios, como fantasias e adereços, subindo de 7,9% para 20,2%.

Mossoró:

  • Perfil dos Compradores: Maioria feminina (51,9%), faixa etária de 16 a 24 anos (61,3%), ensino superior completo (64%), renda mensal de 6 a 10 salários mínimos (74,5%).
  • Previsão de Movimentação Econômica: Dados não especificados, mas destaque para o aumento considerável na intenção de compra de vestuário e calçados.
  • Itens Mais Procurados: Alimentos/bebidas (91,9%) e aumento significativo na busca por roupas, subindo de 26,5% para 37,5%.

A pesquisa completa está disponível no site oficial da Fecomércio RN: https://fecomerciorn.com.br/pesquisas/