Confira a programação completa da Primavera dos Museus em Natal - O Poti News

Confira a programação completa da Primavera dos Museus em Natal

Museu Câmara Cascudo revela programação recheada de cultura e história.

primavera dos museus camara cascudo
A Primavera dos Museus conta com ampla programação e temas diversificados. Foto: Divulgação.

Com a chegada da primavera, uma onda de calor cultural invade o Museu Câmara Cascudo (MCC). O espaço vai sediar a 17ª edição da Primavera dos Museus, um evento que oferece programação diversificada, abrangendo desde exposições especiais até oficinas interativas, apresentações culturais e conversas com especialistas. em 2023, o foco da programação está na valorização da memória e da democracia, destacando questões relacionadas às comunidades LGBT+, indígenas e quilombolas.

No momento em que o país debate a validade da tese do “Marco Temporal,” que pode afetar a demarcação de terras indígenas, o MCC decide olhar para o passado e o presente dos povos indígenas que habitam as terras potiguares. Para isso, eles lançam a exposição “RN é Terra Indígena,” em colaboração com a pesquisadora Jussara Galhardo e representantes de comunidades indígenas do estado. A exposição busca resgatar as memórias da aculturação e enfatizar o auto-reconhecimento, apontando para o futuro dos povos que habitam o território do Rio Grande do Norte. A abertura está marcada para quinta-feira, 21 de setembro, às 19h, e a exposição estará aberta à visitação nos próximos meses.

A programação da Primavera dos Museus inclui uma oficina de vogue da cultura ‘ballroom’ no dia anterior, 20, às 15h30. Essa oficina não é apenas uma oportunidade de entretenimento, mas também um movimento que combina política e cultura para celebrar a diversidade de gênero, orientação sexual e raça. Ainda no dia 21, a partir das 18h30, a tradicional Batalha do Coliseu, que normalmente acontece no campus da UFRN, ocupará o Parque do Museu, trazendo os ritmos e a poesia do hip-hop para o território potiguar.

As Irmandades dos Negros do Rosário, da comunidade quilombola Boa Vista, em Parelhas, e de Jardim do Seridó, também desempenham um papel fundamental na programação do MCC. No sábado, 23 de setembro, eles participarão de uma roda de conversa, realizarão um cortejo e lançarão, pela primeira vez em Natal, um documentário gravado em 1963 por Veríssimo de Melo e equipes do Museu Câmara Cascudo. O documentário, recuperado dos arquivos do MCC e digitalizado em parceria com as irmandades, oferece uma visão única das Irmandades dos Negros do Rosário no Seridó. No domingo, 24, às 9h, as irmandades se unirão à Nação Zamberacatu, aos Congos de Calçolas e aos Congos de Combate no Cortejo de Reinos Pretos, uma prévia do II Sankofa, que ocorrerá na Vila de Ponta Negra, com saída da Praça do Cruzeiro.

Além desses eventos marcantes, a Primavera dos Museus no MCC oferece uma ampla gama de atividades, como sessões do Planetário Barca dos Céus, massagens relaxantes da Escola de Saúde da UFRN, doações de mudas, uma feira multicultural e diversas oficinas, incluindo pintura corporal, pintura em aquarela, etnobotânica afro-indígena, cultivo de orquídeas e compostagem. Os visitantes também podem explorar o Orquidário e o Jardim Sensorial, além de participar de uma mediação especial na nova exposição “RN é Terra Indígena.”

A Primavera dos Museus no MCC conta com a parceria do Núcleo de Arte e Cultura e da Pró-Reitoria de Extensão da UFRN, além do apoio da Associação Orquidófila do RN e do Grupo Universitário de Aquarela e Pastel. A programação completa está disponível no site www.mcc.ufrn.br e no perfil do MCC no Instagram. Confira abaixo os destaques:

20 de setembro, quarta-feira 

  • “Oficina de Vogue”

15h30

Sala de Física (Parque do Museu)

21 de setembro, quinta-feira 

  • Nova Exposição – RN é Terra Indígena

Abertura da Exposição “RN é Terra Indígena”, que traz o passado, presente e futuro dos povos indígenas, e discute temas que vão da invisibilidade às lutas por demarcação de terras, dos processos de aculturação à retomada do seu papel social e o reconhecimento das origens culturais das comunidades e famílias indígenas.

19h

Pavilhão Expositivo do Museu Câmara Cascudo

  • “Oficina de Aquarela”

9h às 12h

Vagas limitadas, inscrição no local.

Público: Adolescentes e Adultos

Sala de Aula (Pavilhão Administrativo)

22 de setembro, sexta

  • Planetário Barca dos Céus

Sessões às 15h, 16h. Vagas por ordem de chegada.
Pavilhão Expositivo do Museu Câmara Cascudo

  • Etnobotânica afro-indigena

14h às 16h

Parque do Museu

23 de setembro, sábado

  • Irmandades dos Negros do Rosário

15h – Roda de conversa

16h30 – Cortejo das Irmandades pelo Museu Câmara Cascudo da UFRN

18h – Mostra audiovisual – Estreia de documentário – Primeira exibição pública, em Natal, de documentário gravado em 1963 por Veríssimo de Melo e equipe do MCC sobre as Irmandades dos Negros do Rosário no Seridó

24 de setembro, domingo

  • Cortejo dos Reinos Pretos

Encontro das Irmandades do Rosário dos Pretos de Parelhas e Jardim do Seridó com a Nação Zamberacatu de Natal, os Congos de Calçolas da Vila de Ponta Negra e os Congos de Combate de São Gonçalo do Amarante.

9h

Praça do Cruzeiro, Vila de Ponta Negra