Cultura de Natal perde o ativista cultural Joca, da Vila de Ponta Negra - O Poti News

Cultura de Natal perde o ativista cultural Joca, da Vila de Ponta Negra

Joca foi uma importante figura na luta pela valorização e memória das rendeiras do território criativo da Vila de Ponta Negra. Foto: Ian Rassari.

O setor cultural e a cidade do Natal estão de luto com a perda de Joca da Tapiocaria, como era conhecido o ativista cultural João Batista de Lima. Ele foi vítima de um latrocínio na madrugada desta segunda-feira (5), em Pirangi.

Joca foi uma importante figura na luta pela valorização e memória das rendeiras do território criativo da Vila de Ponta Negra.

Uma grande perda! Joca era muito identificado com a produção da Vila de Ponta Negra. Contribuiu em especial no tocante à produção das rendeiras e da culinária regional. Tinha origem familiar que o ligava fortemente ao segmento das rendas”, comentou o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

A deputada federal Natália Bonavides (PT) lamentou a morte do ativista cultural nas redes sociais.

Muito triste a notícia da morte de Joka Lima, da Tapiocaria da Vó. A Vila de Ponta Negra perde um grande lutador da cultura querido por muita gente. Que o crime seja apurado com celeridade. Minha solidariedade aos familiares e amigos neste momento de tanta dor“, postou.

Em nota, a Prefeitura do Natal disse que lamenta profundamente a morte do ativista e pediu que “a Polícia Civil identifique os responsáveis por este bárbaro crime”.