Demonstração de força - O Poti News

Demonstração de força

O lançamento da candidatura do deputado Paulinho Freire à Prefeitura de Natal foi uma grande demonstração de força política.

Nenhum concorrente de Paulinho Freire conseguiu reunir tantos nomes de peso em apoio a uma candidatura.

No evento de Paulinho Freire estiveram presentes: José Agripino que preside o União Brasil no RN, os senadores Rogério Marinho (PL) e Styvenson Valentim (Podemos), os deputados federais João Maia (PP) e Benes Leocádio (UB), os deputados estaduais Gustavo Carvalho (PSDB), Tomba Farias (PSDB), Ivanilson Oliveira (UB),  Taveira Júnior (UB) e Dr. Kerginaldo (PSDB), além dos vereadores de Natal Ériko Jácome, Hermes Câmara, Klaus Araújo, Aldo Clemente, Felipe Alves, Tercio Tinoco, Robson Carvalho,  Dickson Júnior, Chagas Catarino, Raniere Barbosa, Camila Araújo, Nivaldo Bacurau, Aroldo Alves e Nina Souza.

Agora Paulinho Freire precisará estudar os números e montar uma boa estratégia para transformar essa força política em votos para disputar, com o ex-prefeito Carlos Eduardo e a deputada Natália Bonavides, uma vaga no segundo turno das eleições de outubro.

Como fica a bancada de Álvaro Dias na Câmara Municipal

O prefeito Álvaro Dias precisará de muita sabedoria e calma se quiser manter uma base de apoio a sua gestão na Câmara Municipal de Natal.

Com a indefinição de Álvaro Dias sobre a próxima campanha eleitoral, os vereadores de Natal decidiram construir seu próprio caminho.

Dos 29 vereadores de Natal, um grupo com 14 edis estiveram presentes ao lançamento da candidatura do deputado Paulinho Freire. Existem, ainda, 9 vereadores que estão em partidos com alinhamento político a outros postulantes ao cargo de prefeito de Natal, são eles: Daniel Valença (PT), Brisa (PT), Júlia Arruda (PC do B), Ana Paula (MDB), Eribaldo Medeiros (Rede), Milklei Leite (PV), Robério Paulino (PSOL), Preto Aquino (PSD) e Luciano Nascimento (PTB).

Ao todo são, hoje,  23 vereadores com posição político-eleitoral diferente ao pensamento do prefeito Álvaro Dias para o pleito deste ano.

Se o prefeito decidir repetir com os divergentes o que fez com a vereadora Nina Souza, sua bancada de apoio na Câmara Municipal não conseguirá aprovar um simples requerimento.

Rogério Marinho precisará acalmar o PL

O apoio do senador Rogério Marinho a candidatura do deputado federal Paulinho Freire à prefeitura de Natal causou turbulência no PL do Rio Grande do Norte.

Os deputados federais Sgt. Gonçalves e General Girão demonstraram desconforto pela forma como o presidente da legenda, Rogério Marinho, conduziu a situação.

Os parlamentares do PL não descartaram a possibilidade de se unirem a Paulinho Freire, mas querem impor algumas condições para participarem do projeto.

Nos próximos dias Rogério Marinho deverá se reunir com Gonçalves e Girão para acalmar os colegas de partido e unificar a posição da legenda para a eleição na capital do estado.

Conversa sobre o Agreste e a Grande Natal

O deputado federal João Maia (PP) e o deputado estadual Kleber Rodrigues (PSDB) estiveram reunidos, nesta terça-feira (23), com o presidente estadual do União Brasil, ex-senador José Agripino.

Na conversa trataram sobre a situação política de diversos municípios do Agreste e da Grande Natal.

Polícia Federal nega acordo para nova delação no caso Marielle

A Polícia Federal (PF) informou, em nota divulgada na noite desta terça-feira (23), que, até o momento, ocorreu apenas uma delação premiada nas investigações do caso envolvendo o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

“A Polícia Federal informa que está conduzindo há cerca de onze meses as investigações referentes aos homicídios da vereadora Marielle Franco e de Anderson Gomes. Ao longo desse período, a Polícia Federal trabalhou em parceria com outros órgãos, notadamente o Ministério Público, com critérios técnicos e o necessário sigilo das diligências realizadas. Até o momento, ocorreu uma única delação na apuração do caso, devidamente homologada pelo Poder Judiciário”

A delação citada na nota é a do ex-policial militar Élcio de Queiroz, que dirigia o carro usado no crime. Os detalhes dessa delação foram a público em julho do ano passado e é a única confirmada pela PF até o momento.

A manifestação da PF ocorre após publicações, por veículos da imprensa, que afirmam que o ex-policial militar Ronnie Lessa teria aceito acordo de delação premiada com a Polícia Federal e fornecido informações que apontam o mandante do crime.

Fonte: Agência Brasil

Veto de Lula atinge ministérios do centrão, e pastas ligadas ao PT são poupadas

O veto do presidente Lula as emendas  parlamentares previstas na LOA de 2024 atingiram, especialmente, os ministérios comandados por partidos do Centrão.

Os ministérios do Turismo, Esporte, Comunicação e Integração e Desenvolvimento Regional foram alguns dos que mais sofreram com o corte de investimento. Não por acaso essas pastas são comandadas por União Brasil e PP.

Já os ministérios da Saúde, Meio Ambiente, Povos Indígenas, Mulheres e Igualdade Racial, comandados por ministros ligados diretamente ao presidente, foram os que menos tiveram recursos de emendas retirados da previsão orçamentária deste ano.

O presidente tem agido pessoalmente para tentar evitar que o corte as emendas parlamentares provoquem uma crise política entre Executivo e Legislativo.

Os líderes do centrão aguardam que o Poder Executivo apresente um plano de recomposição dessas perdas, mas caso essa informação não chegue ao Congresso Nacional  o veto do presidente poderá ser derrubado pelos parlamentares.

*Com informações da Folha de São Paulo

*As opiniões contidas nesta sessão não refletem necessariamente a opinião dO POTI e são de responsabilidade exclusiva dos autores.