Enem: professores apostam em temas e dão dicas para a redação - O Poti News

Enem: professores apostam em temas e dão dicas para a redação

Redação é a única parte dissertativas da prova e causa grande expectativa nos estudantes. Foto: AprovaTotal.


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), prova mais aguardada por aqueles que sonham em estudar nas universidades públicas do Brasil, será realizado nos próximos domingos, dias 5 e 12 de novembro, e
 um dos momentos que mais causa preocupação e demanda grandes esforços dos estudantes, é a redação.

Realizada no primeiro dia de provas, a produção textual exige que o aluno escreva um texto dissertativo e argumentativo sobre um tema, que só é revelado no dia da prova. 

Alguns temas de grande repercussão nacional costumam ser os mais apostados por professores e alunos. Confira alguns: 

  • Impactos ambientais;
  • Povos originários;
  • Etarismo e direitos das pessoas idosas;
  • Inteligência artificial;
  • Violência;
  • Arquitetura hostil;
  • Pessoas desaparecidas.

No Rio Grande do Norte, alguns professores também fazem apostas para temas e dão dicas para os vestibulandos. 

O professor de língua portuguesa do IFRN, Dayvyd Lavaniery, palpita para o tema do racismo nos esportes: “Neste ano, houve um acontecimento emblemático que pode ser abordado do Enem que foi o caso de Racismo com o jogador Vinny Júnior. Com a repercussão na mídia brasileira e internacional acredito que um tema que eu apostaria seria “Combate ao racismo no esporte!””. 

Já para a professora de língua portuguesa do Colégio Salesiano, Fátima Fonseca, os estudantes não devem focar em temas específicos, mas sim em eixos temáticos: “Para a prova de Linguagens e Redação é importante lembrar que o aluno não deve se preocupar com a infinidade de temas que viu durante o ano. O educando deve focar nos eixos temáticos, principalmente o eixo da Tecnologia, das Minorias e da Cultura e não se esquecer que o projeto de texto é fundamental para que o estudante se dê bem na redação. Deve considerar as contextualizações, as estratégias argumentativas, os encaminhamentos argumentativos e a proposta de intervenção”, explica.