Escola em São Miguel do Gostoso lança campanha para construir sede e expandir vagas gratuitas; saiba como ajudar - O Poti News

Escola em São Miguel do Gostoso lança campanha para construir sede e expandir vagas gratuitas; saiba como ajudar

A escola acredita que o conhecimento é adquirido explorando o ambiente, trocando ideias, observando exemplos e investigando respostas. Foto: Divulgação.

A Escola Iacy, localizada em São Miguel do Gostoso, é um farol de esperança para muitas crianças e famílias em busca de educação de qualidade e acessível. Agora, enfrentando um desafio e buscando apoio na comunidade e além dela, a escola lançou uma campanha de financiamento coletivo para construir uma nova sede onde possa continuar a sua missão.

A Escola Iacy não é uma instituição educacional comum. Ela é um exemplo de acesso democrático, promovendo a participação da comunidade por meio de um programa de bolsas para estudantes. Atualmente, esse projeto de bolsistas representa metade das vagas disponíveis na escola. A diretora editorial da escola, Themis Lima, destaca: “Nosso objetivo é expandir esse programa e receber ainda mais crianças e jovens da comunidade sem custos para as famílias.”

Além de oferecer uma educação acessível, a Escola Iacy adota uma proposta pedagógica diferente, baseada na metodologia de projetos. A diretora pedagógica, Bianca Cellani, explica: “Somos uma escola socioconstrutivista, que trabalha através da metodologia de projetos.” Isso significa que eles acreditam que o conhecimento é adquirido explorando o ambiente, trocando ideias, observando exemplos e investigando respostas.

escola iacy
Com o apoio da comunidade, a escola está pronta para construir um novo capítulo de sucesso e aprendizado em São Miguel do Gostoso. Foto: Divulgação.

No momento, a Escola Iacy atende a 50 estudantes, dos quais 26 são bolsistas, recebendo bolsas parciais ou integrais. Themis enfatiza: “Nenhum dos bolsistas paga mais do que 30% do valor da mensalidade.” Esse equilíbrio financeiro é alcançado através de um processo colaborativo, onde a escola e as famílias dos alunos não bolsistas chegam a um acordo sobre a mensalidade com base em um questionário socioeconômico.

Para manter esse modelo de inclusão, a escola também conta com doações de “padrinhos”, pessoas que desejam apoiar financeiramente as crianças que não podem pagar pela educação. É uma demonstração notável de solidariedade e comprometimento com o futuro das crianças da comunidade.

No entanto, um desafio surgiu para a Escola Iacy: o local que abrigava o projeto precisará ser devolvido após o término do contrato de aluguel. Em resposta, a escola lançou uma campanha de financiamento coletivo na internet para arrecadar fundos para a construção de uma nova sede. A comunidade, unida pela causa, já adquiriu um terreno para esse propósito através da Galeria Sol da Meia Noite.

Agora, a escola busca angariar o montante necessário para construir a nova unidade e continuar a sua missão de proporcionar educação de qualidade a todas as crianças da comunidade. Qualquer pessoa pode contribuir com o projeto a partir de R$ 50, acessando www.catarse.me/escolaiacy.