Fátima anuncia licitação para recuperação de estradas no RN - O Poti News

Fátima anuncia licitação para recuperação de estradas no RN

Fátima Bezerra
A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. Foto: Elisa Elsie.

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta segunda-feira (26) que o primeiro edital de licitação para a recuperação de estradas do interior do Estado será publicado amanhã (27). Este é o primeiro passo de um ambicioso projeto, com investimentos total de R$ 428 milhões, que pretende revitalizar a malha viária potiguar, beneficiando diversas regiões.

Segundo a governadora Fátima Bezerra (PT), esta é apenas a primeira parcela de um montante total de R$ 1,6 bilhão garantido pelo PEF.

O objetivo principal deste investimento é a restauração das rodovias estaduais, com foco inicial na região Oeste do Rio Grande do Norte. A expectativa é que os serviços tenham início ainda neste semestre e sejam concluídos até o final do ano. A restauração incluirá atividades como recapeamento asfáltico e sinalização, visando garantir melhores condições de segurança e trafegabilidade.

No primeiro lote, serão contempladas regiões como Mossoró e Pau dos Ferros, abrangendo trechos importantes como:

1º Distrito Rodoviário – Mossoró

  • RN-015 – trecho Mossoró/Baraúna, 44 quilômetros
  • RN-117 – trecho Mossoró/Governador Dix-sept Rosado, 34 km
  • Acesso rodoviário Tibau/Grossos, 17,52 quilômetros

6º Distrito Rodoviário – Pau dos Ferros

  • RN-079 – trecho BR-405/Marcelino Vieira, 38,0 km
  • RN-177 – trecho BR-405/Rodolfo Fernandes, 11,0 km
  • RN-177 – trecho Viçosa/Portalegre, 8,0 km
  • RN-177 – trecho Francisco Dantas/BR-226 Pau Ferros 8,0 km
  • RN-177 – trecho Pau dos Ferros/Encanto/São Miguel, 41 km
  • RN-177 – São Miguel/Coronel João Pessoa, 9,0 km

A governadora enfatizou que este não se trata apenas de um simples reparo, mas sim de uma reconstrução de trechos críticos das estradas estaduais, algumas delas com décadas sem a devida manutenção. Além disso, Fátima Bezerra disse que outros dois editais serão lançados pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN) na primeira semana de março.