Governo do RN e Petrobras firmam acordo para desenvolvimento de usina eólica offshore - O Poti News

Governo do RN e Petrobras firmam acordo para desenvolvimento de usina eólica offshore

O Memorando de Entendimento será assinado em Natal, no início do próximo mês. Foto: Rafa Pereira/Agência Petrobras.

Em uma reunião realizada nesta quarta-feira (10), o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, e a governadora Fátima Bezerra, negociaram um Memorando de Entendimento (MoU) para o desenvolvimento do primeiro projeto-piloto de geração de energia eólica em alto mar (offshore) no Brasil.

O encontro, que ocorreu no Rio de Janeiro (RJ), durante a participação da governadora no Fórum Brasileiro Líderes de Energia 2024, foi marcado por discussões sobre a viabilidade técnica e econômica do projeto. A assinatura do Memorando está prevista para ocorrer em Natal, no início do próximo mês.

O projeto-piloto, que conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDEC) do estado, tem como objetivo explorar o potencial da energia eólica offshore, aproveitando as condições favoráveis do litoral potiguar. A expectativa é que a usina entre em operação em 2029.

A assinatura desse memorando irá renovar não só minha esperança, mas também a minha confiança na Petrobras, que está de volta retomando esse papel tão importante e estratégico para o desenvolvimento não só do Rio Grande do Norte, mas nacional”, afirmou Fátima Bezerra.
Além de dois mil metros de profundidade, é muito metro para achar petróleo.  E encontramos petróleo, pela segunda vez. A primeira vez menos, agora um pouco mais. Talvez juntando as duas com mais aquela de 2015, a gente consiga fazer de fato um projeto que possa recuperar a indústria do petróleo do Rio Grande do Norte, desta vez no mar, e em grande escala”, disse Jean Paul Prates.  “Além disso, a gente já fala em energia eólica no mar também. A Petrobras ganhou e vai ganhar agora esse ano de novo o prêmio de melhor empresa operadora no mar do mundo, e nada mais natural do que ela entrar também em energia renovável no mar. Além de ter alguns projetos em terra – temos usina solar no Rio Grande do Norte, vamos ter aí também alguns projetos de energia eólica em terra. Então é a presença da Petrobras no Rio Grande do Norte voltando com força total”, finalizou.

Atualmente, o Rio Grande do Norte é líder nacional na produção de energia eólica, com 295 parques eólicos em operação.