Juizado Especial do Aeroporto realizou 80 atendimentos nos primeiros 15 dias de janeiro - O Poti News

Juizado Especial do Aeroporto realizou 80 atendimentos nos primeiros 15 dias de janeiro

Unidade funciona das 8h às 20h e atende desde a ocorrências de extravio de bagagens a falhas na prestação do serviço de transporte aéreo. Foto: Ascom/TJRN.

Durante a alta temporada, período caracterizado pelo aumento da procura por destinos devido às férias, os aeroportos registram um aumento no movimento, resultando em um crescimento proporcional no número de conflitos entre viajantes e companhias aéreas. Nesse contexto, o Juizado Especial Cível do Aeroporto Aluízio Alves, localizado em São Gonçalo do Amarante, desempenha um papel crucial no atendimento às demandas de passageiros que enfrentam problemas com as empresas e buscam uma conciliação.

Coordenado por Maria Amélia Chaves, servidora do Juizado, a unidade experimenta um grande aumento no número de atendimentos durante a alta temporada. Em dezembro de 2023, foram realizados 250 atendimentos, e até a segunda semana de janeiro, quase 80 casos foram solucionados.

O Juizado do Aeroporto atua de maneira abrangente, buscando resolver reclamações relacionadas a danos decorrentes de falhas na prestação de serviços de transporte aéreo. Isso inclui situações como atrasos de voos, cancelamentos, perda de conexão, extravio ou violação de bagagens, além de fornecer serviços de cidadania, informações e orientações sobre os direitos dos passageiros, como autorização de embarque para crianças e adolescentes desacompanhados.

Além dos atendimentos presenciais, o Juizado também oferece serviços por meio do Juizapp, uma ferramenta de comunicação baseada em mensagens via aplicativo WhatsApp. Os atendimentos seguem o horário de atendimento ao público, das 8h às 20h, e o número de contato disponibilizado é (84) 98726-4484.