Lula deve abordar crise entre Guiana e Venezuela na viagem ao Caribe - O Poti News

Lula deve abordar crise entre Guiana e Venezuela na viagem ao Caribe

A viagem de Lula tem como principal compromisso a participação do encerramento 46ª Cúpula de Chefes de Governo da Comunidade do Caribe. Foto: Hugo Barreto.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está se reunirá com o chefe de governo da Guiana, Irfaan Ali, em Georgetown, capital da nação vizinha, na quinta-feira (29). O encontro é para discutir a agenda bilateral entre os dois países. Embora a participação de Lula na 46ª Cúpula de Chefes de Governo da Comunidade do Caribe (Caricom) seja o destaque de sua viagem, está confirmada a reunião com o anfitrião para tratar de questões importantes, como a crise territorial entre Guiana e Venezuela pelo território de Essequibo, disputado pelos dois países.

Em dezembro do ano passado, os presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, e da Guiana, Irfaan Ali, assinaram uma declaração conjunta comprometendo-se a não usar a força um contra o outro na disputa pelo território. No entanto, as tensões persistem, e a mediação de países como o Brasil, São Vicente e Granadinas e Dominica tem sido fundamental para iniciar um diálogo entre as partes.

A situação se agravou no final de 2023, quando a Venezuela realizou uma consulta popular que aprovou a incorporação de Essequibo, região disputada há mais de um século, e autorizou a exploração de recursos naturais na área. O governo brasileiro, preocupado com as possíveis repercussões de um conflito armado, reforçou a presença militar em Roraima, estado que faz fronteira com Guiana e Venezuela, e defendeu a resolução do impasse por meio de diálogo mediado.

A viagem de Lula à Guiana é parte de uma agenda mais ampla na região, que inclui a participação na abertura da 8ª cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), em Kingstown, capital de São Vicente e Granadinas, onde também se reunirá com autoridades locais.