MinC oferece 175 vagas para agentes territoriais de Cultura na região Nordeste - O Poti News

MinC oferece 175 vagas para agentes territoriais de Cultura na região Nordeste

O processo ocorre de forma gratuita e online, até o dia 27 de maio. Foto: Ascom/PMM.

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) anunciou o lançamento de um edital para a seleção de agentes territoriais de cultura. O processo ocorre de forma gratuita e online, até o dia 27 de maio.

Esta iniciativa surge da parceria entre o Ministério da Cultura e a Rede Federal de Ensino, Ciência e Tecnologia, através do Programa Nacional de Comitês de Cultura (PNCC). O objetivo é “ampliar o acesso às políticas públicas de cultura, fortalecendo os princípios democráticos e incentivando a participação popular e cidadã”.

É um momento especial a concretização desse projeto, com essa preocupação de fazer com que as políticas públicas da cultura cheguem a todos os lugares. Essa missão que o agente de cultura terá é de ser o portador desse saber novo, que pela primeira vez as políticas do MinC, as políticas do governo federal, vão chegar nas pontas, e os agentes serão esse elo. É um projeto novo, mas crucial para aquilo que a gente vem defendendo, que é estabelecer a política cultural como uma política de Estado. Essa é uma das coisas que a gente mais consegue visualizar quando fala em comitês de cultura, quando pensa no agente da cultura, como fosse aquele agente do SUS que faz essa interligação entre a política e aquele pequeno produtor, aquele gestor cultural que está no bairro, que começa a nascer pela necessidade de surgir alguém que possa capitalizar com a comunidade, e unindo forças começa a acontecer uma ação cultural”, afirmou a ministra da Cultura, Margareth Menezes.

As inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico disponibilizado no edital, durante o período mencionado.

Para os selecionados, está previsto o recebimento de bolsa e auxílio inclusão digital por 12 meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. Os candidatos devem ter disponibilidade de 20 horas semanais, com parte desse tempo dedicado à formação e o restante para planejamento e execução. Além disso, é necessário ter idade igual ou superior a dezoito anos, residir na região e comprovar atuação na área cultural do território.

Inicialmente, serão distribuídas 601 vagas, sendo 175 para a Região Nordeste, divididas entre Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, gerenciadas, no entanto, pelo IFRN.