Pardos representam mais da metade da população potiguar; veja a composição étnica do RN - O Poti News

Pardos representam mais da metade da população potiguar; veja a composição étnica do RN

Mulheres pardas são mais de 1/4 da população potiguar. Foto: Pexels.

O Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou novos dados sobre a composição étnica e racial brasileira. Pela primeira vez desde 1991, a maior parte da população brasileira se identifica como parda, sendo 45,3% da população e superando o número de brancos, que são 43,4% do país. Já a população preta representa 10,2%, indígenas são 1,7% e amarelos (pessoas de descendência asiática) são 0,4%.

Os números variam de acordo com os estados e regiões do Brasil. No Rio Grande do Norte, por exemplo, a população de pardos está acima da média, sendo mais da metade da população 50,9% Já a população preta apresentou aumento, saindo de 5,2% para 9,2% entre os anos de 2010 e 2022. A população indígena foi a de crescimento mais expressivo. Enquanto cerca de 2,6 mil pessoas se identificavam indígenas em 2010, mais de 11 mil fizeram a auto declaração em 2022, aumento de 351,4%, confira:

Foto: IBGE.

Levando em consideração fatores de gênero, as mulheres pardas são maioria no Rio Grande do Norte, representando cerca de 26,14% do estado, seguidas dos homens pardos, que são 24,75%. O estado segue uma tendência observada no Norte e Nordeste brasileiro, onde a população parda é numericamente superior.

Foto: IBGE.

Em termos nacionais, o maior percentual de pardos foi registrado no estado do Pará (69,9%), a maior proporção de brancos foi do Rio Grande do Sul (78,4%) e o maior percentual de pretos foi da Bahia (22,4%).