Pela primeira vez, UFRN alcança conceito máximo em índice de qualidade das universidades - O Poti News

Pela primeira vez, UFRN alcança conceito máximo em índice de qualidade das universidades

Conceito máximo foi conquistado antes do previsto, Foto: UFRN.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), principal universidade do estado, conquistou pela primeira vez em sua história o conceito máximo no Índice Geral de Cursos (IGC), que analisa a qualidade das instituições de ensino superior do país. Agora, a instituição faz parte de um seleto grupo de 25 universidades brasileiras com IGC 5.

O resultado foi divulgado na terça-feira (2), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), juntamente com outros Indicadores de Qualidade da Educação Superior 2022. A UFRN associa a conquista à implantação da Política de Melhoria da Qualidade dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação, aprovada em 2017 e atualizada em 2020. O trabalho foi coordenado pelo atual reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, à época vice-reitor da instituição.

“A conquista do IGC 5 comprova que as estratégias adotadas pela gestão têm contribuído, de fato, para elevar o nível de qualidade da graduação e da pós-graduação na UFRN. A qualidade acadêmica está destacada no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFRN e no nosso Plano de Gestão. A implantação da Política de Melhoria da Qualidade dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação e o compromisso de toda a comunidade universitária com essa Política foram fundamentais para essa conquista. Que possamos melhorar ainda mais, a fim de manter o conceito máximo e avançar na excelência acadêmica”, afirma o reitor.

Para a UFRN, o conceito máximo foi uma surpresa, já que veio antes do esperado. “Nós tínhamos a expectativa de elevar o IGC, mas não imaginávamos que fosse tão rápido. Esperávamos colher os frutos desse trabalho de melhoria depois de muito tempo”, diz Alexandre Queiroz, presidente da Comissão Própria de Avaliação (CPA/UFRN).