Presidente Lula irá criar ministério para pequenas e médias empresas - O Poti News

Presidente Lula irá criar ministério para pequenas e médias empresas

Presidente Lula é entrevistado por Marcos Uchoa no programa Conversa com o Presidente, no Palácio da Alvorada, em Brasília. Imagem: Canal Gov.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou hoje a intenção de estabelecer um novo ministério voltado para questões relacionadas às pequenas e médias empresas, visando apoiar os empreendedores no país. Esta medida representa a criação da 38ª pasta do governo federal.

Lula busca alcançar a meta de gerar mais de 2 milhões de empregos formais até o final deste ano, visto que o primeiro semestre já registrou um saldo de 1.023.540 novos postos de trabalho.

No programa semanal “Conversa com o Presidente,” transmitido pelo Canal Gov, Lula explicou a motivação por trás da iniciativa.

“Está cheio de gente que está querendo ser empreendedor individual, ser empreendedor coletivo. Então nós vamos criar, eu estou propondo a criação do ministério da pequena e média empresa, das cooperativas e dos empreendedores individuais, para que tenha um ministério específico para cuidar dessa gente que precisa de crédito e de oportunidade”.

Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil.

O presidente ressaltou que os pequenos negócios são responsáveis por 60% a 70% dos empregos formais no país e destacou a importância de garantir acesso ao crédito para impulsionar esses empreendimentos.

A criação deste ministério também se alinha com as declarações de Lula durante a campanha eleitoral de 2022. No entanto, no processo de estruturação ministerial, os pequenos negócios receberam atenção por meio da Secretaria da Micro e Pequena Empresa e Empreendedorismo, que faz parte do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços.

Além disso, a nova pasta deve ser um espaço para acomodar um dos novos ministros que o presidente pretende anunciar em breve. A medida visa fortalecer a base parlamentar do governo no Congresso ao envolver os partidos PP e Republicanos. Especula-se que os deputados federais André Fufuca (PP-MA) e Sílvio Costa Filho (Republicanos-PE) estejam sendo considerados para ocupar os cargos, o que facilitaria a aprovação de matérias de interesse do governo no Congresso Nacional, considerando que esses dois partidos juntos possuem 90 cadeiras na Câmara.

Com informações da Agência Brasil.