Secretaria de Educação do RN abre processo seletivo para contratação de profissionais para o programa Mulheres Mil - O Poti News

Secretaria de Educação do RN abre processo seletivo para contratação de profissionais para o programa Mulheres Mil

Foto: Ascom/SEEC.

A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura e do Esporte do Lazer do Rio Grande do Norte (RN) anunciou a abertura das inscrições para contratação temporária de profissionais no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), na Modalidade Mulheres Mil. As vagas disponíveis são destinadas ao cadastro de reserva e contemplam os cargos de professor, supervisor local, orientador acadêmico local e apoio às atividades acadêmicas e administrativas local.

As inscrições serão exclusivamente pela internet, no portal do SIGEduc, a partir desta sexta-feira (26) até o dia 4 de fevereiro. Os candidatos interessados devem preencher a ficha de inscrição, indicando a preferência de curso e localidade, além de anexar os documentos comprobatórios conforme exigido pelo edital.

O Programa Mulheres Mil tem o papel de estimular a inclusão educacional, produtiva e social de mulheres em situação de vulnerabilidade social, por meio do acesso à educação profissional e tecnológica, articulando mecanismos para a inserção das participantes no mercado de trabalho, estabelecendo redes de intercâmbio de experiências e alinhando a educação ao trabalho para reduzir problemas sociais em comunidades com baixo índice de desenvolvimento humano.

Os requisitos mínimos para os cargos são: ensino médio técnico completo na área do curso pretendido para professor; ensino superior completo para supervisor local e orientador acadêmico local; e ensino médio completo para apoio às atividades acadêmicas e administrativas.

Os selecionados atuarão em 17 Cursos de qualificação profissional, distribuídos em 32 municípios do RN. A carga horária será de 160 horas, abrangendo diversos eixos tecnológicos, como horticultura orgânica, agricultura orgânica, artesã de cerâmica, entre outros.

A seleção será conduzida pela comissão do processo seletivo simplificado, com análise documental online. Os critérios de avaliação incluem tempo de atuação, experiência profissional e titulação. Resultados preliminar e final serão divulgados nos dias 14 e 23 de fevereiro, respectivamente.

A remuneração dos bolsistas varia de acordo com o cargo, sendo R$ 44,00 por hora para professores e R$ 36,00 para supervisores locais e orientadores acadêmicos. O apoio às atividades acadêmicas e administrativas receberá R$ 18,00 por hora.

A contratação dos selecionados será de acordo com a demanda de cursos, e o processo seletivo terá validade de doze meses, podendo ser prorrogado. A aprovação no processo seletivo garante apenas a expectativa de direito à concessão da bolsa, estando condicionada à observância das disposições legais, interesse da administração e disponibilidade financeira. Os candidatos podem acompanhar as etapas do processo no portal do SIGEduc.