Enquanto prefeita curtia Carnaval, moradores de Extremoz trabalhavam para tapar buracos nas ruas - O Poti News

Enquanto prefeita curtia Carnaval, moradores de Extremoz trabalhavam para tapar buracos nas ruas

Enquanto a prefeita Jussara Sales se divertia na folia de Carnaval, os moradores dos bairros Portal do Sol, Vila Nova, Campinas e Sport Club Natal, localizados em Extremoz, decidiram tomar medidas para lidar com os buracos nas vias públicas que há muito tempo afetam a região. A falta de manutenção adequada por parte da prefeitura levou os moradores a se unirem em uma iniciativa comunitária para tapar os buracos que causavam transtornos aos motoristas e pedestres.

“Em 2022 tivemos uma reunião com a prefeita, a presidente da Câmara e o Secretário de Obras, onde discutimos várias questões, incluindo a situação dos buracos nas ruas. Com a gravidade do problema, resolvemos unir forças com os moradores e fechar os buracos mais críticos”, explicou Mendes.Jonas Mendes, presidente da Associação de Moradores do Portal do Sol, Vila Nova e Adjacências (Amposvina).

A rua Andradina, principal via de acesso aos bairros, foi a primeira a receber a iniciativa, no domingo de Carnaval, dia 11. De acordo com Jonas Mendes, nesse trecho, o buraco tomava metade da rua, fazendo com que motoristas precisassem utilizar a contramão, o que gerava discussões e riscos de acidentes.

Já neste último domingo (18), os moradores estiveram na Avenida Atlântica, principal rua do bairro Vila Nova. Onde, segundo o presidente da Amposvina, já não exisitia opção de usar a contramão, já que os buracos estão tomando conta da rua toda.

AO POTI, Jonas disse que a pavimentação não é o único setor que sofre com a inficácia da Prefeitura. De acordo com ele, quando se trata de saúde, os moradores da região precisam se deslocar para as Unidades Básicas de Saúde de Genipabu, há mais de 5km de distância.

Além disse, a falta de escolas, creches e transporte público afeta diretamente as famílias que moram na região, como mostrou a reportagem “Extremoz: moradores do Portal do Sol vivem abandono público“, em setembro do ano passado.